Metal e madeira: pode ou não?

metal e madeira

Muitas regras surgem e duram por gerações. Porém, entender a origem delas é libertador.

Em design de interiores acontece o mesmo. Muitas regras são absolutas, as pessoas seguem por anos e não questionam o porquê.

A tradição de não combinar metal e madeira é uma destas regras. Mas você sabe a origem desta regra antiga?

No passado quem tinha uma casa inteira com móveis feitos de madeira verdadeira enviava  a importante mensagem para a sociedade de que era rico e podia pagar móveis tão caros. Ou seja, o contrário misturar peças metálicas “baratas” era uma manifestação de “pobreza”, uma atitude sem “nobreza”.

Era uma questão de status quo que já foi superada, misturar metal e madeira atualmente pode , inclusive, ser bem arrojado.

Veja fotos de ambientes planejados -> CLIQUE AQUI

A madeira e o metal são dois clássicos da decoração, a sua combinação fica muito interessante, tratando-se de duas texturas nobres e resistentes. A madeira tem um estilo mais rústico, já o metal tem um estilo industrial. A junção das duas texturas em um ambiente ou até mesmo em um único móvel é ousada e muito contemporânea, além de ser uma decoração atemporal.

Para não sobrecarregar o ambiente ao misturar as duas texturas o ideal é o uso de elementos claros e neutros. O objetivo é suavizar o ambiente, não deixá-lo sobrecarregado e apostar em uma decoração leve.

Clique e Veja Também --> Teste de personalidade na decoração: o que seu sofá diz sobre você?

 

VEJA OUTRAS MATÉRIAS 

O GRUPO PREMIUM PLANEJADOS sempre preparar novidades e dicas para você.

Clique aqui e veja mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *